quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Amigo Virtual

Bom, vasculhando na Net achei esse texto e resolvi postar, por que acho que tem muita coisa que já fiz. Ou tentei fazer, pelo menos, rsrsrs!!!

Amigo Virtual
Vou abrir as portas do meu computador!

E N T R E !!
Traga pra mim esse gostoso riso que nunca ecoa!
Conte pra mim suas velhas histórias,
deixa que eu me deite em seus ombros invisíveis e segure suas mãos firmes!...
Não sei olhar em seus olhos,
Não sei sentir seu olhar.
E suas palavras entram direitinho no meu coração.
O mundo parece tão pequeno atrás dessa rede!
Ah! Você vem
E eu nem sei de onde
Sem passaporte atravessa as fronteiras,
do limite do impossível,
trás paz e consolo, uma palavra, um verso
e colorida flores sem perfume, mas que sãoBálsamo para a alma...
Vou abrir minha casa para que você entre!...
Tome um café com bolo,
Me conte de você,
permita que eu ria de seus risos,
E deixe que eu seque suas lágrimas, se preciso for.
Você não é apenas um nome que se esconde atrás de um arroba,
você tem alma e asas, como os verdadeiros anjos...
Você tem um "eu"
Que precisa e deve ser respeitado, que precisa e deve ser amado.
De virtual, na verdade, você não tem nada!!!
Claro!!! Meu café não tem sabor
E meu bolo não é doce, quando virtual,
Mas meu carinho e meu amor são, nessa rede toda,
Tudo o que tenho de mais real.
Então...
Entre sem bater!!!
Sente-se!
Tem café, bolo e minha amizade esperando por você atrás da tela
DESSE MEU COMPUTADOR.

Um comentário:

Gabi disse...

Aháááá!

Os bolos virtuais eu posso comer..
não tem trigo... ^^

ai que feliz!!!!!